Amigos

Livro A Unção


Em meu livro anterior, Bom dia, Espírito Santo, ressaltei a realidade do Espírito Santo como Deus, um membro da Trindade igual aos outros dois, uma pessoa tão ou mais real do que você ou eu. Meu propósito, naquele livro, foi familiarizar o leitor com o Espírito, conduzindo-o a experiência com a presença dele.

Meu propósito neste volume, A Unção, é fomentar esse belo relacionamento que prossegue, norteando o leitor quanto à realidade do poder de servir ao Senhor Jesus Cristo de acordo com a sua chamada particular para o leitor. Esse poder consiste na unção do Espírito Santo, conforme foi prometido por Jesus, após a sua ressurreição: “... Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas...” (At 1.8. V. R.).

Penso que todos concordamos que, se já houve um tempo em que o Corpo de Cristo precisou de poder, este é o tempo. Somente o prodigioso poder do Deus Todo-Poderoso pode fazer retroceder a maré do pecado e das enfermidades, que está inundando o mundo em todos os continentes.

A fraqueza não é a nossa herança como crentes; mas muitos dentre nós se tem conformado diante dessa situação. Todavia, a Bíblia afirma que nosso testemunho de Cristo pode ser confirmado “com os sinais” (Mc 16.20).

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Obrigado pelo seu comentário